Novidades Galerias
   
Carro sem volante da Volkswagen é controlado por voz

 

A Volkswagen apresentou nesta semana um conceito de carrofuturístico que atende aos comandos de voz do motorista e não tem um volante. Revelado no Geneva International Motor Show, o veículo é chamado I.D. Vizzion e tem condução autônoma, ou seja, um motorista não precisa conduzi-lo ativamente. Em vez disso, um sistema inteligente que combina sensores e software de análise leva os passageiros até o destino desejado.

 

Os comandos de voz são atendidos por uma inteligência artificial que se parece com a Siri, do iPhone. Ela pode se lembrar das preferências do usuário e também pode obedecer aos comandos dos passageiros. Não há sequer controles visíveis no interior do veículo, como temos nos carros de hoje.

 

Com a missão declarada de apresentar 20 carros elétricos ao mercado, a Volkswagen colocou uma bateria de íons de lítio de 111 kWh no I.D. Vizzion. Com uma única carga, o veículo pode percorrer até 665 quilômetros.

 

O carro, porém, não é um modelo esportivo, como os criados pela Tesla. Ainda assim, ele tem velocidade máxima de 180 km/h.

 

“O seu sistema elétrico torna o carro mais limpo no trânsito e seu sistema de controle de condução automática o torna seguro e muito mais confortável”, diz a montadora, em comunicado oficial.

 

Ainda não se sabe se o Vizzion será colocado em produção em massa, mas ele mostra um pouco que a Volkswagen prepara para um futuro não muito distante.

 

 

A Volkswagen apresentou nesta semana um conceito de carrofuturístico que atende aos comandos de voz do motorista e não tem um volante. Revelado no Geneva International Motor Show, o veículo é chamado I.D. Vizzion e tem condução autônoma, ou seja, um motorista não precisa conduzi-lo ativamente. Em vez disso, um sistema inteligente que combina sensores e software de análise leva os passageiros até o destino desejado.
 
 
 
Os comandos de voz são atendidos por uma inteligência artificial que se parece com a Siri, do iPhone. Ela pode se lembrar das preferências do usuário e também pode obedecer aos comandos dos passageiros. Não há sequer controles visíveis no interior do veículo, como temos nos carros de hoje.
 
 
 
Com a missão declarada de apresentar 20 carros elétricos ao mercado, a Volkswagen colocou uma bateria de íons de lítio de 111 kWh no I.D. Vizzion. Com uma única carga, o veículo pode percorrer até 665 quilômetros.
 
 
 
O carro, porém, não é um modelo esportivo, como os criados pela Tesla. Ainda assim, ele tem velocidade máxima de 180 km/h.
 
 
 
“O seu sistema elétrico torna o carro mais limpo no trânsito e seu sistema de controle de condução automática o torna seguro e muito mais confortável”, diz a montadora, em comunicado oficial.
 
 
 
Ainda não se sabe se o Vizzion será colocado em produção em massa, mas ele mostra um pouco que a Volkswagen prepara para um futuro não muito distante.
 

Fonte: Exame


Contador de Visitantes

contador visitas

 

 

 

 





Municípios atendidos:

Tweet